Governo e estudantes se unem contra a dengue em SC: 280 mil alunos recebem informativo

Florianópolis (SC)

O Estado de Santa Catarina registrou um aumento significativo de 390% nos casos de Dengue em 2024 em comparação com o ano anterior. Em resposta a essa preocupante tendência, a Secretaria de Educação tem desempenhado um papel crucial na disseminação de informações sobre a doença. Mais de 280 mil estudantes da Rede Estadual de Ensino foram alvo de uma campanha informativa, recebendo orientações sobre a prevenção e os riscos associados ao vírus.

Como parte dessa iniciativa, crianças e adolescentes de todas as regiões do estado foram incumbidos de levar mensagens de conscientização para suas famílias, inserindo bilhetes informativos em suas agendas. O objetivo é envolver as famílias na luta contra o mosquito transmissor da dengue, ressaltando a importância da prevenção.

Continua após o anúncio
BANNER PORTAL MAIS SUL (1)
Mais Sul - 795 x 205 px
Banner 795x205 - Portal Mais Sul - Coopercocal
COOPERALIANÇA-CAMPANHA-CHATBOT-BANNER-SITE- (3) - 795x205
Fim do anúncio

Em meio a esse cenário desafiador, a prevenção da dengue depende de uma ação coletiva. Medidas simples, como eliminar criadouros de mosquitos em locais onde a água pode se acumular, continuam sendo a melhor forma de combater as doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. Atitudes como descartar corretamente o lixo, manter piscinas e calhas limpas e evitar o acúmulo de entulho devem se tornar rotineiras, e é essencial que crianças e adolescentes assumam um papel ativo nesse processo de prevenção, orientando seus familiares e amigos.

O governador Jorginho Mello enfatizou a importância do engajamento de todos os catarinenses nessa batalha contra o mosquito. Ele destacou a determinação do estado em superar esse desafio, ressaltando a resiliência de Santa Catarina diante das adversidades.

O secretário de Estado da Educação, Aristides Cimadon, ressaltou a necessidade de intensificar os esforços na comunidade escolar, além das ações já em andamento, para garantir a saúde de todos. Ele enfatizou a importância do trabalho conjunto de alunos, professores e familiares nessa empreitada.

Alunos como Vitor, do 9º ano do Instituto Estadual de Educação (IEE), compartilharam suas experiências pessoais com a dengue e destacaram a importância dos cuidados preventivos. Vitor relatou os sintomas que enfrentou durante um episódio de dengue e como essa experiência o motivou a adotar medidas preventivas em sua casa, em colaboração com seu pai.

Da mesma forma, Stefany, também do 9º ano do IEE, destacou os esforços que ela e sua família têm feito para evitar a proliferação do mosquito transmissor da dengue. Ela enfatizou a importância de manter uma comunicação constante com seus familiares sobre a necessidade de eliminar possíveis criadouros de mosquitos.


Quer ficar bem informado? Clique aqui e participe do nosso grupo do WhatsApp.


 

Leia também