Abandono na segunda dose contra covid-19 pauta requerimento em Criciúma

Criciúma (SC)

As aplicações das duas doses da vacina contra covid-19 continuam em todo o Brasil. Em Santa Catarina, dados do Ministério da Saúde apontam que 18% da população que já poderia ter recebido a segunda dose ainda não compareceu para a aplicação. Por isso, a vereadora Giovana Mondardo (PCdoB) protocolou dois requerimentos na Câmara de Vereadores pedindo algumas informações e que serão votados na Sessão Ordinária desta segunda-feira, dia 19.

De acordo com a vereadora, o elevado número de pessoas no Estado que ainda não buscaram a vacinação na segunda dose preocupa. “Não queremos que em Criciúma esse resultado se repita, por isso buscamos essas informações para que as pessoas busquem cada vez mais a vacinação de acordo com o cronograma”, explicou.

O requerimento 233/2021 questiona ao Poder Executivo informações sobre a possibilidade de divulgação semanal de taxa de abandono vacinal da segunda dose do imunizante da Covid-19; também informações sobre a possibilidade de realização de campanhas como a de incentivo da população para se vacinarem com a dose de reforço da vacina contra Covid-19 no prazo recomendado e informações sobre a possibilidade de realização de ações de busca ativa e imunização nos casos caracterizados como de abandono vacinal.

Outro requerimento de autoria da vereadora que será levado à votação (Requerimento 224/2021) trata de envio de expediente ao Chefe do Poder Executivo Municipal, questionando se há possibilidade de especificar, no site Minha Vacina, informações de doses utilizadas em primeira aplicação, em segunda aplicação, doses reservadas para segunda aplicação e doses estocadas para primeira aplicação. É questionado também se há possibilidade de apresentar, no mesmo site, dados atualizados de doses distribuídas para o município, conforme informações disponíveis no site de controle do Ministério da Saúde.

Com informações de Giovane Marcelino/Assessoria Vereadora Giovana Mondardo e foto de Luan Ghisi/Câmara de Criciúma.

Leia também