Acentra: há 25 anos transformando vidas e comunidades

Criciúma (SC)

Há exatos 25 anos, 42 colaboradores do grupo Cecrisa deram início a uma história de compromisso com o desenvolvimento econômico e social da região. Na época, ao fundar a Cecrisacred, eles não tinham dimensão do que o movimento se tornaria. Com o desejo inicial de atender às necessidades financeiras dos próprios funcionários, a pequena cooperativa foi se estruturando e sofrendo transformações significativas. Com o passar dos anos, cresceu, se modernizou e ampliou sua área de atuação. Também trocou de nome, sendo conhecida, hoje, por Acentra.

Atualmente a instituição atende a mais de 40 mil cooperados, possuindo mais de R$ 380 milhões em ativos e 12 postos de atendimento. A pessoas físicas e jurídicas oferece uma ampla gama de produtos e serviços financeiros. De empréstimos e financiamentos até seguros; de consórcios a soluções para empreendedores, a intenção é fazer a diferença, transformando vidas ao fortalecer o cooperativismo e proporcionar soluções diferenciadas.

Continua após o anúncio
BANNER PORTAL MAIS SUL (1)
Mais Sul - 795 x 205 px
Banner 795x205 - Portal Mais Sul - Coopercocal
COOPERALIANÇA-CAMPANHA-CHATBOT-BANNER-SITE- (3) - 795x205
Fim do anúncio

De acordo com a diretora executiva Tatiana Cardoso Duzzioni Viana, este propósito se manifesta de diversas formas, desde a economia gerada para os cooperados – mais de R$ 62 milhões em 2023 – até projetos educacionais e de desenvolvimento, como o “Tô Rico”, que leva educação financeira às escolas, ou o Inovasul, que incentiva programas de inovação na região.

“Os valores que norteiam o nosso trabalho são pilares fundamentais da Acentra. Baseamo-nos nos princípios do cooperativismo, como adesão voluntária e livre, gestão democrática, participação econômica dos membros, autonomia, educação, intercooperação e interesse pela comunidade”, explica ela, ao complementar: “tudo isso, aliado a valores éticos e sustentáveis, como transparência, responsabilidade social e preservação ambiental, fazem da Acentra uma cooperativa comprometida com a construção de uma sociedade mais justa e inclusiva”, pontua.

Uma cooperativa fortalecida pelo sistema Ailos

Em 2003 – quatro anos após a fundação – a cooperativa se filiou à Central Ailos, buscando integrar e orientar as atividades, além de aproveitar serviços compartilhados que a permitiria crescer em escala. No ano seguinte, a instituição seguiu expandindo. A área de atuação foi ampliada para incluir o segmento da construção civil na região da Associação dos Municípios da Região Carbonífera (Amrec). Daquela época até agora, 34 municípios do Sul catarinense passaram a ser atendidos.

O presidente da Ailos e da Confebras, Moacir Krambeck, destaca o papel da entidade na sua área de atuação. “Viemos acompanhando o crescimento da Acentra de perto, com um avanço grande e importante; porém, ainda há muito espaço para difundir as vantagens de cooperar”, diz ele, ao complementar: “é preciso usar as virtudes individuais para criar um grupo virtuoso. E é justamente esta a base do cooperativismo: unir a sociedade, fazer as pessoas felizes, oferecer qualidade de vida sem discriminação ou pré-julgamentos”, sublinha.

Desafios e oportunidades para o futuro

O presidente da Acentra, Dic Freire, ressalta que a instituição tem potencial para crescer exponencialmente, à medida que as pessoas buscam alternativas colaborativas e sustentáveis. Sabendo disso, há um investimento crescente em inovação, inteligência artificial, tecnologia e segurança, buscando adaptar-se ao novo comportamento de consumo dos cooperados. “Buscamos explorar parcerias estratégicas, que impulsionam o compartilhamento de recursos e o crescimento conjunto. Investimos, também, na personalização e no atendimento das nossas equipes, para tornar única a experiência do cooperado, seja ela presencial ou digital”, expõe.

Tatiana complementa, ao dizer que intercooperação, sustentabilidade e responsabilidade social também são foco da Acentra quando se trata de desafios futuros. “Além disso, destaco a importância das questões relacionadas a ESG (Ambiental, Social e Governança), respondendo as demandas por práticas sustentáveis, de redução do impacto ambiental, desenvolvimento regional e equidade social. Nossa missão é fazer a diferença na vida das pessoas, construindo um importante legado e mantendo firme o compromisso com o futuro”, enaltece.

Leia também