Caixa disponibiliza saque calamidade de FGTS para Içara

Içara (SC)

A Caixa disponibilizou a partir desta segunda-feira, dia 13, o saque calamidade do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para trabalhadores residentes em localidades atingidas pelo vendaval do dia 7 de março, conforme o decreto 88/2022, que declarou Situação de Emergência em Içara. O valor máximo para retirada é de R$ 6.220,00 por conta. A cidade é a primeira do estado a habilitar este saque que só possível através de reconhecimento do evento adverso pelo Governo Federal. Na manhã desta terça-feira, dia 14, o Governo Municipal e o gerente geral de rede da Caixa de Içara, Dijalma Cardoso de Aguiar, se reuniram no gabinete da prefeita Dalvania Cardoso para esclarecimento de dúvidas da equipe que vai auxiliar a população. 

Para ter acesso ao recurso, os içarenses devem baixar o aplicativo FGTS e enviar a documentação até o dia 28 de julho para a liberação dos valores. É necessário ainda possuir saldo positivo na conta e não ter realizado saque pelo mesmo motivo em período inferior a 12 meses.

“Aquelas pessoas que moram neste local, mas não possuem comprovante em seu nome podem procurar a prefeitura para solicitar uma declaração para colocar no pedido. Todos esses locais que constam na lista foram os que a Defesa Civil visitou ou constatou os estragos quando ocorreram os fortes ventos na cidade”, lembrou o coordenador da Defesa Civil de Içara, Vitor Cardoso Dutra.

O morador também precisa estar residindo a pelo menos quatro meses antes do ocorrido nessas localidades. “Estamos aqui para ajudar nossos içarenses. Quem não conseguir fazer o cadastro pelo aplicativo do FGTS em casa, pode vir até a Secretaria de Assistência Social, Habitação, Trabalho e Renda, que fica dentro do Paço Municipal Ângelo Lodetti, com o seu celular em mãos, que vamos fornecer auxilio”, completou a prefeita Dalvania Cardoso. 

Como solicitar:

• Realizar o download do app FGTS e inserir as informações de cadastro; ir na opção “Meus saques” e selecionar “Outras situações de saque — Calamidade pública” — acessar a cidade; 

• Encaminhar os seguintes documentos: foto de documento de identidade, comprovante de residência em nome do trabalhador, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade; 

• Selecionar a opção para creditar o valor em conta CAIXA, inclusive a Poupança Digital CAIXA Tem, ou outro banco e enviar a solicitação; 

• O prazo para retorno da análise e crédito em conta, caso aprovado o saque, é de cinco dias úteis.

Informações sobre a documentação:

• Carteira de Identidade — também são aceitos carteira de habilitação e passaporte; 

• Comprovante de residência em nome do trabalhador: conta de luz, água ou outro documento recebido via correio, emitido até 120 dias antes da decretação de calamidade.

• Certidão de Casamento ou Escritura Pública de União Estável, caso o comprovante de residência esteja em nome de cônjuge ou companheiro(a). 

Confira as localidades que os moradores possuem acesso ao saque:

Barracão – Rua Felipe Teofano da Silveira

Barracão – Rua José Luiz Cardoso

Barracão – Rua Leontino Coladel

Barracão – Rua Santa Paulina

Poço 8  – BR 101 Km

Poço 8 – BR 101 Km 384

Poço 8  – BR 101 Km 385               

Poço 8  – BR 101 Km 386

Poço 8  – BR 101 Km 387

Poço 8 – Condomínio José de Alencar

Poço 8  – Rod. ICR 357

Poço 8  – Rua Gilio Ferro Mazzuchello

Ponta do Mato – Estrada Geral

Ponta do Mato – Rod. Mario Ghedin

Ponta do Mato – Rod. ICR 355

Rio dos Anjos – Rua Geral Cantão

Tereza Cristina  – Rua Darcioni M. Silva

Vila Nova – BR 101

Vila Nova – Rod. Paulino Burigo

Vila Nova – Rua Afonso Guglielmi

Vila Nova – Rua Antonio Bernardo

Vila Nova – Rua Antonio Manoel Maximiano

Vila Nova – Rua Atilio Calegari

Vila Nova – Rua Faustino Nicolau Andrade

Vila Nova – Rua Idalino Rosso

Vila Nova – Rua Juvenal Manoel Silvano

Vila Nova – Rua Marcos Luiz

Vila Nova – Rua Miriam Guglielmi

Vila Nova – Rua Quintino Sartor

Vila Nova – Rua São Miguel Arcanjo

Vila Nova – Rua Tatiane M. Juncoski

Leia também