Reflexão e oração: momentos de fé trazem alento aos profissionais do HSJosé

Criciúma (SC)

Momentos de reflexão e oração tem sido um alento para os colaboradores do HSJosé que há mais de um ano, enfrentam junto aos pacientes a pandemia da Covid-19.

Sempre prontos para receber pessoas que precisam de tratamento, equipes inteiras de todos os setores, fazem o possível para ajudar quem chega até a entidade, sejam suspeitos ou que tenham testado positivo para a Covid-19.

O hábito da oração vem trazendo conforto e alívio para estes profissionais em tempos de pandemia.

“Desde que alguns setores do hospital foram fechados exclusivamente para atendimento a Covid-19, costumamos ter este momento entre nós, antes de iniciarmos um plantão. Não temos mais contato com ninguém do hospital e ficamos aqui, dando nosso melhor para os pacientes. Estes minutos faz com que a gente se sinta mais forte e nos dá coragem para enfrentar este desafio, que é cuidar de nossos pacientes. Sabemos que esta força vem de Deus, e isso nos ajuda a enfrentar este batalha”, desabafa Eduarda Sasso, enfermeira  de uma das clínicas de internação Covid no HSJosé.

Só no Hospital São José em Criciúma, são mais de 1700 profissionais, destes, 600 atuam diretamente na linha de frente contra a Covid-19, e todos, incansavelmente tem mostrado seu papel fundamental no cuidado com os pacientes.

“Acredito que a fé e as orações nos dão forças para enfrentar nossos medos interiores, e também força para nossos dias que tem sido sim muito difíceis”, aponta Thamillis Scunderlick, gerente de enfermagem do HSJosé.

Desde o início da pandemia todos os setores da Entidade foram envolvidos em uma força tarefa, a fim de trazer suporte aos pacientes que chegam à instituição.

“A gente tenta fazer de tudo que esta ao nosso alcance, e nos entregamos de corpo e alma pra ver nossos pacientes bem. Até me emociono em conversar sobre isso, porque realmente fazemos o melhor e nunca imaginaríamos viver por tanto tempo esta pandemia. Por isso as orações tem sim, nos ajudado e muito”, comenta Eduarda.

As orações são realizadas pelos próprios colaboradores em seus respectivos setores. 

Com informações de Katia Farias/HSJosé.

Leia também