Unesc integra equipe vencedora do Acafe Challenge durante o Fiepe, em Chapecó

Chapecó (SC)

Durante a cerimônia de encerramento da 9ª edição do Fórum Integrado de Ensino, Pesquisa, Extensão e Inovação (FIEPE), promovido pela Associação Catarinense das Fundações Educacionais (Acafe), a Unesc celebrou a participação em duas equipes vencedoras do Acafe Challenge. O evento, que ocorreu na sexta-feira (24/05), na Unochapecó, reuniu representantes das 14 Instituições de Ensino Superior (IES) integrantes da associação.  

A equipe Tech4All conquistou o primeiro lugar com uma plataforma de treinamento por IA voltada para integrar Pessoas com Deficiência (PCD) à Instituição, ao Ensino e à sociedade. Já a StartIA, plataforma de integração desenvolvida para superar as barreiras linguísticas no acesso à informação, ficou em segundo lugar.

Continua após o anúncio
BANNER PORTAL MAIS SUL (1)
Mais Sul - 795 x 205 px
Banner 795x205 - Portal Mais Sul - Coopercocal
NovaCamara_BannerWeb
COOPERALIANÇA-CAMPANHA-CHATBOT-BANNER-SITE- (3) - 795x205
Mais Sul - 795x205px (1)
Fim do anúncio

O evento proporcionou três dias de programação, possibilitando a interação entre as instituições participantes. Para a reitora da Unesc e presidente da Acafe, Luciane Bisognin Ceretta, o Fiepe é uma oportunidade única para fortalecer conexões, reflexões e o processo de ensino e aprendizagem entre as IES.

“O sentimento é de realização, afeto, experiências exitosas e o cumprimento de um dos mais importantes fóruns da Acafe que é o Fiepe, um local que conta com a maior integração das nossas 14 IES, compartilhando experiências, construindo vínculos e buscando o mesmo objetivo, que é a excelência acadêmica”, resume, Luciane enfatizando ainda que a Universidade contou com 30 membros, apresentando uma ampla variedade de trabalhos, incluindo comunicações orais, Ensino, Pesquisa e Extensão.

“A grande missão da Acafe é promover o desenvolvimento de toda comunidade do Estado de Santa Catarina, tornando nossas Instituições mais fortalecidas e unidas, que é o grande propósito deste evento. Cumprimos o nosso papel na capacidade de congregar com nossas coirmãs em pautas que nos representam”, acrescenta Luciane.

A pró-reitora de Pesquisa, Pós-graduação, Inovação e Extensão da Unesc, Gisele Coelho Lopes, destacou que a participação da Unesc nesta 9ª edição foi extremamente expressiva.

“Aproveitamos a oportunidade para colaborar em várias equipes, levando alguns de nossos estudantes para participar. A metodologia de organização dos estudantes junto a outras Instituições resultou em equipes interinstitucionais de sucesso. Conseguimos alcançar o primeiro lugar com três estudantes da nossa Universidade e o segundo lugar com uma estudante”, reforçou Gisele.

“Retornamos de Chapecó enriquecidos por uma bagagem repleta de experiências e trocas de ideias, além de um vasto networking e conhecimento acumulado, mas também reconhecimento pelo trabalho desenvolvido pelos nossos estudantes, professores e pesquisadores. Foi uma edição muito qualificada”, salientou.

Ainda no evento, a Unesc teve destaque também na premiação dos melhores projetos nas áreas da Pesquisa e da Extensão. A Universidade ficou em primeiro lugar no eixo Pesquisa com o trabalho “Efeitos do tratamento transcraniano com ultrassom pulsado de baixa intensidade associado às nanopartículas de ouro em um modelo de doença de Alzheimer”.

Além disso, a Universidade Comunitária do Sul recebeu o troféu de terceiro lugar com o Projeto Amora, tradicional ação de Extensão da Unesc que leva informações à comunidade sobre os direitos humanos das mulheres.

Sobre as plataformas criadas

Tech4All

A Tech4All desenvolveu o UniAcess, uma plataforma de treinamento por IA projetada para integrar alunos com deficiência à instituição, ao ensino e à sociedade. A plataforma será integrada aos sistemas já existentes nas instituições, oferecendo uma seção dedicada às necessidades dos acadêmicos, onde podem compartilhar suas demandas e ter acesso a empresas parceiras para ampliar suas perspectivas de futuro.

Para os professores, o UniAcess oferecerá cursos preparatórios para lidar com diferentes tipos de deficiência, além de uma rede de apoio entre colegas para compartilhar ideias e planos de aula. O projeto inicialmente atenderá às 14 instituições da rede Acafe, com potencial de expansão para mais de duas mil instituições de ensino superior no Brasil. Com um modelo B2B e o apoio da Acade, o UniAcess busca promover a inclusão e melhorar não apenas a experiência acadêmica, mas também social desses alunos, alinhando-se aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável para 2030

StarIA

A StartIA é uma plataforma inovadora que visa superar as barreiras linguísticas no acesso à informação. Integrando cursos, mentorias e documentos de professores universitários de todo o mundo, ela fornece traduções instantâneas para qualquer idioma por meio de inteligência artificial, utilizando recursos de voz, texto e vídeo.

Além disso, a plataforma oferece um sistema de ranking para incentivar a participação dos usuários, destacando acadêmicos e seus currículos com base na interação com os conteúdos disponíveis. Essa classificação reconhece o empenho dos usuários e os recomenda para oportunidades de emprego, bolsas de estudo e programas de intercâmbio, ampliando suas perspectivas profissionais e acadêmicas.

A promessa da StartIA é revolucionar a educação global, facilitando o acesso ao conhecimento e promovendo a inclusão de estudantes de diversas línguas e culturas. Ao facilitar a troca de informações e experiências entre pessoas de diferentes partes do mundo, a plataforma contribui significativamente para a democratização do ensino superior e o desenvolvimento de uma sociedade mais conectada e colaborativa.

Leia também